Política

"Vai ser na hora em que Deus determinar" disse Marquinhos sobre disputar ao governo.

Ele afirma que a disputa não ocorrerá em 2018.

08 Outubro 2017

"Vai ser na hora em que Deus determinar" disse Marquinhos sobre disputar ao governo.

“O senhor vai ser governador daqui oito anos”, disse um dos moradores da região do Bairro Santa Carmélia ao usar o microfone em evento na UBSF (Unidade Básica de Saúde da Família) na última sexta-feira (06) com o prefeito Marquinhos Trad (PSD), que não descartou a intenção.

“Qual jogador de futebol não quer vestir a camisa da Seleção? Eu amo essa terra”, afirmou. Mas a disputa não deve ocorrer já em 2018, já que o prefeito pretende terminar seu mandato. “Ano que vem de jeito nenhum. Pode ser daqui oito, 16, 32 anos, Vai ser na hora em que Deus determinar. A intenção, a vontade vem do coração. Então é natural aspirar isso aí”, confirmou.

E emendou. “Quando eu era deputado, vereador, vocês não me perguntavam se eu queria ser prefeito? Então”.

Eleito em 2016, Marquinhos Trad (PSD) foi conselheiro da seccional em Mato Grosso do Sul da Ordem dos Advogados do Brasil e presidiu a Comissão de Ética e Disciplina.

Eleito vereador em 2004, foi secretário municipal de Assuntos Fundiários na gestão do então prefeito André Puccinelli. Exerceu três mandatos como deputado estadual, sendo eleito pela primeira vez em 2006. Foi filiado ao PMDB, migrando para o PSD em 2016.

Na disputa pela Prefeitura de Campo Grande, foi eleito no segundo turno e venceu a disputa com 58,77% dos votos válidos.

 




Feriado

Paulo César Baruk estará na Liga sob Pressão 2017

09 Outubro 2017

Loja ToNoGospel


Revista ed. 01

Revista ed. 01 R$ 12,90
ou em R$ 12,90

Revista ed. 2

Revista ed. 2 R$ 12,90
ou em R$ 12,90

Maravilhosa Graça

Maravilhosa Graça R$ 35,00
ou em R$ 35,00

CD - Laura Souguellis

CD - Laura Souguellis R$ 27,00
ou em R$ 27,00